Meu final de tarde e o SPFW de 2011

Olá meu povo!!O meu dia hoje foi tãooo bom!Fui ao mãe bonifácia caminhar um pouco e depois fui visitar a minha tinha que voltou de férias do Nordeste,vi cada foto linda!Sou apaixonada pelo Nordeste, particularmente acho as praias mais gostosas....Mas voltando ao assunto,fui a casa dela e ela estava lá fazendo a minha comida preferida que é a Japonesa.
Ai quando ela terminou de fazer, aparece a minha tia com uma cobra no pote de vidro,tadinhaaa ela estava com um colar de canudo no pescoço!Ficamos morrendo de dó e como minha tinha é biologa e já trabalhou muito com serpentes"tem um nome cienfico mas não sei" tiramos rapidinho o canudo dela e logo ficou calminha calminha... :)
Mas é claro que a cobra era filhote e não é venenosa,não sei o nome dela minha tia falou o nome mas é tão esquisito que não deu pra gravar....
E esse foi o meu fim de tarde,para mim foi maravilhoso!Amanhã vão solta-la no MB,então se verem uma por lá pequena  de tons claros não se assustem,é inofensiva!
~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~
                                                   MUDANDO DE ASSUNTO!
Acabei de ver pela internet algumas fotos do SPFW e resolvir postar algumas,o desfile que eu mais gostei foi do Samuel,por isso acabei colocando mais fotos do desfile dele e acabei não colocando de outros...
O Desfile:
Segundo Samuel Cirnansck, a mulher para o inverno 2011 é urbana e vive um momento de reflexão, “percebe o lugar que tomamos da natureza e entende que esta quer sua posição de volta”, diz o estilista. Mesclando a este desejo um olhar sobre o trabalho do pintor Mark Ryden e do escultor Patrick Dougherty, o designer levou para a passarela uma coleção com formas retas que abusa de tecidos industrializados até chegar a algodões naturais prensados.
A alfaiataria em lã dá um ar mais casual para o trabalho de Cirnansck, porém desenvolvida também no couro camelo, ganha modernidade, trazendo recortes e cintura marcada. Já os vestidos com ar de festa combinam manta de algodão pesado em tom azul-céu com rendas, cristais e vidrilhos em nude, num jogo interessante de cores, texturas e pesos.
A parte conceitual do desfile foi marcada por vestidos e vestes concebidos por tramas de galhos de cipó de vime aplicados em bases rígidas, reafirmado a vontade de Cirnansck em falar da natureza.
Por Henriete Mirrione





Agora algumas fotos da Triton.
 O desfile: A sala de desfile da Triton estava lotada e entusiasmada com a presença da socialite americana Paris Hilton. E ela não decepcionou. Abriu o desfile com muita pose: mãos na cintura, um balanço ao andar e uma expressão marota, principalmente ao avistar na plateia o namorado, Cy Waits.
Ela estava de preto, uma das cores predominantes na primeira parte da coleção de inverno da Triton, que apareceu pontuada por cores vivas como o verde neon, azul turquesa, vermelho e pink, entre outras. Depois foi a vez das estampas exclusivas criadas pela estilista Karen Fuke. Tudo bem marcado por um trabalho de alfaiataria que destacava, especialmente, múltiplas versões de casacos. E até mesmo brincava de compor novas formas unindo partes de peças clássicas como a cauda de um fraque a uma blusa curta ou propondo inusitadas sobreposições.
A Triton espera um inverno muito rigoroso e para aquecê-lo investe na lã natural, pesada e robusta. Peles falsas, matelassê, brocados e metalizados também ajudam a esquentar o frio. Com isso, as formas ficaram mais rígidas e andrógenas. Para equilibrar, traz a leveza de voils coloridos ou estampados. E o apelo feminino surge com as cinturas marcadas por cintos finos e o corpo, levemente relevado por transparências.
Por Rozze Angel.




Postagens mais visitadas